Conteúdo do site
Submenu: Dados de Pesquisa

Repositórios de Dados

O armazenamento, preservação e acesso aos dados são elementos fundamentais para o ciclo de vida da própria pesquisa. Por esta razão, é importante pensar no início do seu projeto como e onde está planejando armazenar e preservar os dados de sua pesquisa pois, além dos dados, é necessário preparar e atualizar sempre a documentação da pesquisa. Elabore seu Plano de Gestão de Dados antes de depositá-los em algum Repositório. Para obter informações sobre repositórios públicos de dados, consulte o R3Data – Registry of Research Data Repositories – uma ferramenta de busca de repositórios de dados. De 2012 a 2016, mais de 1.500 repositórios foram indexados no R3Data.

Caso não haja repositórios públicos estruturados na sua área de conhecimento, repositórios multidisciplinares como Figshare, Dryad e Zenodo são alternativas possíveis, além de outros recursos como o Dataverse, DataHub, DANS, que seguem os Princípios FAIR: to be Findable, Accessible, Interoperable, Reusable.

Repositórios recomendados pelos Editores

Alguns editores de revistas científicas recomendam o uso de certos Repositórios de Dados.

Para saber mais sobre provedores de dados, consulte: https://www.openarchives.org/Register/BrowseSites. Consulte também: A comparison of infrastructures for publishing research data.

Revistas de Dados de Pesquisa

Há também títulos especializados em dados de pesquisa. São publicações cujo principal objetivo é expor conjuntos de dados. Permitem que o autor se concentre nos dados em si, ao invés de produzir uma análise extensiva dos dados, como ocorre no modelo tradicional de revista. Fundamentalmente, os periódicos de dados procuram:

  • promover acreditação científica e reutilização
  • melhorar a transparência do método científico e resultados
  • apoiar boas práticas de gerenciamento de dados e
  • fornecer uma rota acessível e permanente para o conjunto de dados

Exemplos de revistas de dados de pesquisa incluem: Geoscience Data Journal, Scientific Data, Journal of Open Archaeology DataBiodiversity Data Journal,Earth System Science Data, etc. Consulte também a lista publicada no artigo CANDELA, L. et al. Data journals: a survey. Journal of the ASIS&T, v. 66, n.9, September 2015, p. 1747–1762. Disponível em: < http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/asi.23358/full > Acesso em: 20 fev. 2018. DOI: 10.1002/asi.23358

Atualmente, há diversos repositórios temáticos de dados de pesquisa disponíveis e abertos a todos os pesquisadores. Algumas universidades e institutos de pesquisa iniciaram seus próprios repositórios institucionais de dados de pesquisa e dados administrativos. Editoras internacionais e financiadores passaram a exigir o depósito dos dados de pesquisa em repositórios temáticos ou institucionais, determinando que, sempre que possível, os dados estejam disponíveis e acessíveis a outros pesquisadores. Trata-se de um princípio inerente à publicação científica, ou seja, qualquer pesquisador deve ser capaz de verificar, replicar ou reproduzir a pesquisa realizada, até mesmo utilizar os resultados de pesquisas para promover novos avanços no conhecimento científico e tecnológico.

Alguns repositórios oferecem aos autores a opção de hospedar os dados associados a um manuscrito de forma confidencial e fornecer acesso anônimo para revisores antes do lançamento público. Estes repositórios coordenam então a divulgação pública dos dados com a data de publicação da revista. Esta opção deve ser usada quando possível, mas continua a ser responsabilidade do autor comunicar-se com o repositório para assegurar que a liberação pública dos dados, materiais e métodos seja feita no momento da publicação on-line do artigo. Além dos repositórios de dados por disciplina, várias instituições criaram e mantêm repositórios institucionais e mesmo nacionais

Fim do conteúdo, você pode: